terça-feira, 4 de agosto de 2009

A casa dos budas ditosos


Luxúria:Corrupção de costumes, lascívia, sensualidade.(michaelis)


Hoje,em minha centésima postagem,quero recomendar para vocês um livro que acabei de ler e que me deixou muito pasma pela sua linguagem crua e sem frescuras.

Trata-se de A CASA DOS BUDAS DITOSOS,de João Ubaldo Ribeiro.Este livro,da editora Objetiva,faz parte de uma coleção chamada Plenos Pecados,onde 7 escritores escreveram sobre um pecado capital,e ao João coube o da luxúria.

O livro é um relato surpreendente da vida de uma jovem senhora de 68 anos que nos conta detalhadamente sua vida sexual.Até aí,ok^^,mas creio que é um livro do tipo:ame ou odeie,pois os muito puritanos com toda certeza não curtiriam este livro....com uma linguagem como disse,crua e deliciosamente,excitantemente obscena.


Há quem diga que é de mau gosto....mas eu adorei e recomendo,porque sexo não é para ser tabu...Sexo é vida,é gostoso,libertador.....Então porque não ler e falar de sexo?????



Bom,aí vai um trecho do livro meus queridos.....leiam.....tirem suas conclusões^^



''- Abra as pernas para mim.Eu abri, ele curvou meus joelhos para cima, afastou minhas coxas ainda mais – ai, que momento lindo! -, encostou a glande bem no lugar certo, agarrou meus ombros com os braços em gancho pelas minhas costas, abriu a boca para me beijar com a língua enroscada na minha e, num movimento único e poderoso, se enfiou em mim. Senti uma dor fina e quase um estalo, cheguei a querer deslizar de costas pelo colchão acima, mas ele somente enfiou-se em mim até o cabo e ficou lá dentro parado, me segurando forte, para só então terminar o beijo, erguer o tronco e começar a me foder, olhando para a minha cara. E então, com a expressão de homem mais bonita que já vi na minha vida e exalando um cheiro para sempre irreproduzível, gozou muito fundo dentro de mim e eu senti, senti mesmo, aquele jato me inundar gloriosamente aos borbotões, aquela pica grossa e macia pulsando ereta dentro de mim, ai! Eu não gozei, mas só tecnicamente, porque de outra forma gozei muito naquele momento, não posso descrever minha felicidade, minha profusão de sentimentos, me sentir mulher, me sentir fodida, me orgulhar de ter sido esporrada em meio a meu sangue, sem fricotes, como uma verdadeira fêmea deve ser inaugurada por um verdadeiro macho.''



A Casa dos Budas Ditosos, João Ubaldo Ribeiro

16 comentários:

Cris Animal disse...

Estava online escrevendo uns textos.....rs

UAUUUUUUUUUUUU......Polêmico ou não, eu amei!
Não li, mas pode ter certeza: amanhã vou na Saraiva comprar. Ubaldo é assim, né? Sem meias palavras, sem nhé nhé nhé....

Minha amiga, o trecho que vc escolheu faz parte dessa mulher que vc é: completa, íntegra, segura, senhora de si, dos seus gostos, desejos e sempre de um leque cultural fantástico.

To contigo.....rs
Vou ler a vida dessa mulher em palavras rasgadas e sem censuras...hahaha

beijo, minha linda !

Fatima disse...

Já li a coleção toda e gostei muito deste livro.
Boa escolha bonita.
Bjs.

Lester disse...

O da hora é que a autora falou sem rodeio, falou palavrão e é assim que eu gosto!
Pra falar de sexo tem que ser assim: sincero e sem enfeite, botar realemte o tesão no negócio. Não tem nada melhor!

É Nóis pretinha linda :*

©tossan disse...

Por que esse alarde todo, tudo tão normal li o livro sim e os puritanos que me perdoem...Atirem a primeira pedra...quem não fez nada...eheheh...Gostei moça vc arrebentou a boca do balão. Beijo

Celamar Maione disse...

Ótimo pedaço. Amei . Em literatura não pode ter puritanismo. Eu, hein !
Literatura é literatura.
Leia Rubem Fonseca. Jorge Amado. Nelson Rodrigues.
Vai gostar.
A peça " A Casa dos Budas Ditosos " ficou muito tempo aqui no Rio.
Eu li " A Inveja" . Excelente. Do Zuenir Ventura. Bom. Muito bom.
Boa noite, minha linda !

caurosa disse...

Minha cara amiga Joyce, realmente, o João Ubaldo já é um imortal, parabéns pela escolha. Uma sugestão, quando possível, leia "Viva o povo brasileiro", no meu entender o seu melhor livro.

Paz e harmonia

Forte abraço

Caurosa

Livinha disse...

Ola moça bonita...
Obrigada pelo teus carinhos...
Livinha hoje está só passando
pra pedir que não se esqueça de
mim, pela sumidinha que eu der.
A saude tá me judiando... e eu num desanimo de doer...
mas volto viu...


Bjss

vinicius disse...

Esse livro parece ser muito bom! e eu sei que você vai me empresta né??
hehehe

Lendo seus comentarios só me deixo com mais vontade de ler!

TE adoro amor continue assim que seu blog vai virar referencia nacional de literatura!hehehe


Beijos!

D.Ramírez disse...

Realmente todo sexo tinha que ser assim, afinal, ambos estão lá prá isso né? Prá que tabus e frescuras, claro se feito de maneira consciente e madura.
Uma dica e tanto.

Adorei
Besos

Edson Nunes disse...

Esse livro é realmente animal! Liguagem direta, objetiva, urbanizada!

Ótima dica, de verdade!

Livinha disse...

Querida, eu só precisava te falar,
que ditas horas absurdas passei lá em cada...
Ah se eu soubesse, teria pego emprestado as tuas horas e aqui ficado...

Feliz fim de semana!!
Bjss minha favorita!!

@philipsouza disse...

Gatinha falou mesmo sem pensar hein....deixando a benevolencia entrar em jogo....

aaahhh vc gostou da saga twilight la no entrando...???ela chegou ao fim depois de mais postagens ja feita...na proxima postagem entramos ao entrando normal...


bjossss

Unseen Rajasthan disse...

Fantastic post..Enjoyed reading it...Thanks for sharing..Unseen Rajasthan

Livinha disse...

Olá menina linda!!
Sabe, minha maior luxuria
é querer alcançar com as mãos
o que esconde-se dentro do meu coração e fica tudo tão difícil,
pois são lembranças guardadas,
cuja à vida deu Adeus....

Tenha uma linda semana

Lolla...doida varrida! disse...

flor, adorei seu blog e já tô seguindo.
passa lá no meu pra dar uma bizoiada.
bjusss

Numa de Letra disse...

Gostei do livro.

http://numadeletra.com/a-casa-dos-budas-ditosos-de-joao-ubaldo-67028