terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Devaneios de ano-novo.....(eu e Drummond)







O ano está acabando...para mim é sempre uma época especial.....






...é época de olhar além.....por isso tirei essas fotos da janela de meu quarto.....



Quando eu olho o horizonte eu penso em futuro.....eu penso em como será o meu amanhã......






Mais um ano se finda,e essse ano foi lindo na minha vida....Lindo por conhecer gente nova...por solidificar antigas amizades...por entrar nesse mundo do blog......Essa blogsfera desvairada que me arreatou!!!!






Então,eu quero e vou lutar para que 2009 seja um ano de fé para mim e para os que me cercam....






Eu quero cada vez mais amor.....MUITO AMOR.....



Eu quero inspiração,quero poesia e paixão......



...E de todo o meu coração desejo a cada um de vcs que me visitam e lêem as minhas singelas palavras ,um ano GLORIOSO....que tdo de bom em dobro aconteça nesse novo ano......






Agora,presenteio vcs com Carlos Drummond de Andrade ...meu poeta maior...que eu amo!!



Leiam e se inspirem......um beijo para todos e todas...de todo meu pungente coração!!!!






Receita de ano-novo






Para você ganhar belíssimo Ano Novo



cor de arco-íris, ou da cor da sua paz, Ano Novo sem comparação como todo o tempo já vivido(mal vivido ou talvez sem sentido) para você ganhar um ano não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,mas novo nas sementinhas do vir-a-ser,novo até no coração das coisas menos percebidas(a começar pelo seu interior) novo espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,mas com ele se come, se passeia,se ama, se compreende, se trabalha,você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,não precisa expedir nem receber mensagens(planta recebe mensagens?passa telegramas?).Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta.Não precisa chorar de arrependido pelas besteiras consumadas nem parvamente acreditar que por decreto da esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa,justiça entre os homens e as nações,liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver.Para ganhar um ano-novo que mereça este nome,você, meu caro, tem de merecê-lo,tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil,mas tente, experimente, consciente.É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Maysa



Olá pessoal....espero que o natal de todos tenha sido lindo!! Hoje estou postando para dar uma dica muito especial para todos: Dia 05/01/09,vai estrear na globo (finalmente) a minissérie sobre Maysa(quando fala o coração).Eu tenho apanas 21 anos...qdo maysa morreu eu nem sonhava en nascer...mas minha mãe e minha avó sempre gostaram dela,e ela se tormou para mim,alvo de muita curiosidade.Pois bem,esse ano resolvi ler a sua biografia...e qual foi minha surpresa???? ME EMBRIAGUEI com uma maravilhosa personalidade.....com um mito em forma de mulher. Maysa,era,além de notável cantora,uma mulher à frente de seu tempo em tudo...nos pequenos detalhes:usava calças compridas e tocava violão num tempo em que isso não era visto como ''coisas de meninas de família'';Sempre foi topetuda e encarava tudo de frente.... Casou-se novinha mas seu amor pela música fez com que jogasse um casamento com um Matarazzo para seguir seu sonho..... E ela realizou....e sofreu muito com a imprensa....em 1952(se não me falha a memória),seu nome foi citado na imprensa os 365 dias do ano..... Uma mulher que só queria amar....uma mulher sem medo de encarar tudo......uma mulher que merece ser conhecida por todos sempre...e lembrada...ovacionada...pois tinha muito valor.... Certa vez ela disse assim:''há gritos imensos dentro de mim...que me povoam da mais imensa solidão''. Então se posso dizer mais alguma coisa...eu recomendo muito o livro Maysa-só numa multidão de amores,de Lira Neto pois vale muito a pena ler......E recomendo a minissérie de Manoel Carlos,com direção do filho da Maysa(Jaime Monjardim)....que será linda,linda linda....... Se vc ainda não conhece essa maravilhosa cantora e compositora...vejam,leiam e se APAIXONEM!!!

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Vem!


Vem que eu não durmo bem desde que chegaste;

Vem,pois pra mim os dias já são anos a sua espera.Eu estou em frêmitos....

com delírios de você....

Vem que eu estou com febre e meu corpo queima como o sol do Saara.

Vem ser a minha sombra...vem pra temperar essa temperatura.

Vem que não consigo mais suportar os meus ais,vem trazer caus para minha calma;

vem fazer estardalhaço no meu carnaval,vem!!Me possua ao som de jazz ou bossa...

Mas venha logo!!!

Venha me mimar,me tirar de minha rota,me deixar em desalinho...

vem,que o tempo passa em gotas e elas podem secar ....

Vem...me envolva em seus braços ,faz de seu corpo o meu escudo;

VEM!!!eu me dispo pra você de corpo e alma....

pois estou aqui...estou pronta pra ser louca, pra ser loba...

Pra ser sua mulher e mais nada.....

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Show do ano (e um agradecimento)







Eu não vou postar nada meu hoje...






Em primeiro lugar,queria muito agradecer cada palavrinha de apoio que recebi em meu post anterior(sobre minha dor e meu mundo).Muito Obrigada mesmo....me emocionei demais....realmente estava triste...aquele desabafo foi necessário....






Se posso fazer uma citação,acho que a essa da Rita Lee é a que mais me cai bem:






''Quando eu me sunto um pouco rejeitada me dá um nó na garganta



choro até secar a mágoa de toda alma...



DEPOIS EU PARTO PRA OUTRA...



como mutante.....''






..............................E agora quero expressar minha euforia...ontem fui ao show da minha diva...MADONNA!!!!






Morumbi lotadasso.....e ela encantadoramente diva!!!was great!!!



Paguei caro viu...mas cada centavo valeu a pena...pois eu assisti o show do ano....sensacional!!









Logo volto....com novos contos e poemas....que são Eu...simplesmente Eu....


















terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Sobre minha dor e meu mundo.....


***Hoje estou triste...preciso desabafar!!!***



A enorme dor que eu estou sentindo é lasciva e traiçoeira.

Minha voz enfrequeceu....meus músculos já não me respondem,só as lágrimas são espontâneas.As minhas lágrimas rolam do meu rosto,e cada gota que cai carrega um pouco desta dor que trago agora em meu peito.

Eu julgava ser forte...mas acho que talvez eu não seja.Meus ombros não suportam o mundo....ele pesa uma tonelada...é enorme, e eu estou sensível.... sou frágil como porcelana;o mundo faz pressão nos meus ombros e eu desmorono.

Essa dor é como um furacão avassalador,como um labirinto.....

Aonde está a saída??Será que alguém pode me dizer??

Não,ninguém pode:a dor é minha...o mundo é meu!

Mas meu mundo está escuro.....uma tempestade de lágrimas cai agora e inunda tudo....(acho que eu vou me afogar).

Mas se o mundo é meu,ele pode ser azul.Se a dor é minha,ela pode se dissolver...

Oh deus,dá-me forças!Dá-me paciência!

Preciso aprender a comandar o meu mundo caído,a enterrar essa dor que me castiga;fazer de meu mundo um lugar confortável.

Preciso ser forte em minha base para suportar meu mundo nos momentos de crise.

Eu quero viver a minha vida e curtir o meu mundo de coração e portas abertas,sem medo.....sem dor nenhuma......

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Devaneios de meu coração....


Este fim-de-semana foi estranho pra mim......fui tomada de um mal-estar....uma coisa que não sei explicar....


O que será que me dá????


Meu coração é simples de ser entendido...mas as vezes é complexo.....

as vezes a solidão me corrói....

não sei explicar direito as coisas que sinto.....

Eu tenho tanta ânsia.....tanto querer cabe aqui dentro....

Meu coração é louco como eu...

Eu sou toda coração.....


O que será que me dá???


tenho necessidade de amar...de amor....

não quero sentir que meu coração é um hotel abandonado...

eu quero calor....

quero uma super-lotação no meu coração....

quero encontrar uma vaga no coração de alguém....


eu quero só amar.....

Amar pra me aquecer.....


À flor da pele(O que será??)


Chico Buarque


O que será que me dá

Que me bole por dentro, será que me dá

Que brota à flor da pele, será que me dá

E que me sobe às faces e me faz corar

E que me salta os olhos a me atraiçoar

E que me aperta o peito e me faz confessar

O que não tem mais jeito de dissimular

E que nem é direito ninguém recusar

E que me faz mendigo, me faz suplicar

O que não tem medida nem nunca terá

O que não tem remédio nem nunca terá

O que não tem receita...

O que será que será,Que dá dentro da gente e que não devia

Que desacata a gente, que é revelia

Que é feito uma aguardente que não sacia

Que é feito estar doente de uma folia

Que nem dez mandamentos vão conciliar

Nem todos os ungüentos vão aliviar

Nem todos os quebrantos, toda alquimia

Que nem todos os santos, será que será

O que não tem descanso nem nunca terá

O que não tem cansaço nem nunca terá

,O que não tem limite...O que será que me dá,

Que me queima por dentro, será que me dá

Que me perturba o sono, será que me dá

Que todos os tremores me vêm agitar

Que todos os ardores me vêm atiçar

Que todos os suores me vêm encharcar

Que todos os meus nervos estão a rogar

Que todos os meus órgãos estão a clamar

E uma aflição medonha me faz implorar

O que não tem vergonha nem nunca terá

O que não tem governo nem nunca terá,

O que não tem juízo...





sábado, 13 de dezembro de 2008

Postagem coletiva - Coisas do Brasil 2
















*****Hoje participo da blogagem coletiva coisas do Brasil 2,que tem como proposta falarmos de nossa cidade,o local onde vivemos.Vocês podem entrar em http://leioomundoassim.blogspot.com para conferir a lista de blogs participantes e acompanhar as postagens,que com certeza serão lindas!!!










E pra falar de minha cidade eu vou revisitar um velho texto meu que alguns já conhecem,mas que traduz meu sentimento por Sampa.Espero que quem leu,leia de novo,e quem não leu...tire suas conclusões!!!










Eis:

A minha cidade não pára.É como alguem inconstante,inquieto.Sua angústia e inquietude me despertam,me fazem querer desbravá-la todos os dias.E cada ponto descoberto me revela várias realidades cotidianas que mexem com meu estado de espírito.Seu asfato quente,a falta de calor humano....isso me instiga.Cidade de concreto.Talvez as pessoas daqui tenham se tornado assim:eretas,sérias;voltadas para seus próprios problemas.E isso por vezes me entristece,me faz querer partir,procurar pessoas que mostrem sua vulnerabilidade mesmo em meio à pressa do dia-a-dia.Mas se há toda essa seriedade,por vezes há também a alegria.A alegria da sexta-feira,do sábado à noite;a balada,a cerveja...Tudo isso serve como um bálsamo,uma válvula de libertação para todo o stress semanal existente.A minha cidade transpira história:seus museus,suas ruas,seus artistas soltos por aí...grafiteiros,rappers ,pintores...gente sem espaço ou reconhecomento que encontra nas ruas o seu sustento,seu ganha-pão.Por vezes já tentei esquecer-me das coisas ruins daqui.Porém ao ligar a tv ou abrir os jornais,lá estão elas,latentes à minha visão:assaltos,assassinatos,enchentes,drogas,desigualdades sociais,poluicão....sujeira....e me vem novamente aquela sensação de desgosto,aquela vontade de largar tudo,de ter uma casa no campo e ficar do tamanho da paz....Mas logo o amor pela minha cidade reacende.Ela tem o poder de enfeitiçar até os mais descrentes,como esta que vos fala.Roubando as palavras de Vinícius de Moraes,eu diria que a minha cidade ''é como se não fosse'',ela é ''íntima doçura e vontade de chorar''.Ou seja:toda tristeza,descaso e abandono são como se não fossem;Prevalecem a doçura,o movimento,todo o frissom que lhe é trivial.Minha cidade é meu caso de amor e ódio;principalmente de amor.....Aqui é que eu quero ficar,desvendar e desbravar até o último dos meus dias.








quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Encontro inesperado...(Aquele homem parte 2)


**Quem visita meu cantinho sabe que no dia 29/11 eu postei um pequeno conto chamado ''Aquele homem''.

Ele terminou meio que com um gostinho de ''quero mais'',e ontem,do nada me surgiu inspiração para continuar a escrevê-lo.

Vou postá-lo a seguir,mais uma vez espero que gostem e comentem e critiquem....pois críticas tbm são bem-vindas....


Aí vai:


Ele veio do inesperado...um ilustre desconhecido que me causou imensa curiosidade.

No começo permaneci invisível,pois achei que seria uma simples brincadeira.Mas para minha surpresa,o jogo virou....

Se do inesperado ele surgiu,inesperadamente ele me pegou...

Eu ainda lembro como foi:

Um quarto semi-iluminado,com uma mesa redonda,sofá de canto,muitas velas e um perfume amadeirado.Ele me convidou para sentar,me ofereceu uma taça do melhor vinho.

Conversou comigo sobre artes e sobre a vida em geral,e foi se aproximando....cada passo que ele dava me fazia corar....em pensamento clamava cada vez mais por mais um passo.Quando chegou a meio metro de mim,colocou a taça sobre a mesa e pousou sua mão em meu vestido....acariciando minhas pernas.....com o susto,meu coração que não parava de bater forte,desparou de vez.

Ficamos em silêncio por um instante,só com Barry White ao fundo fazendo a trilha sonora com sua voz quente,preenchendo todos os espaços vagos.

Ele rompeu o silêncio chegando ao meu ouvido e me contando segredos que eu não ousaria escrever aqui.E foram muitos segredos.....muito vinho tinto....Num abraço fortíssimo,ele colou seu corpo no meu,me sufocando com um beijo que me fez voar até o céu.Me beijava e me puxava os cabelos....e como que seguindo as pistas de um mapa,suas mãos percorreram todo o meu corpo.

Em instantes não resisti:sucumbi ao meu desejo,como um vulcão eu entrei em erupção!

Horas e horas depois,nada mais restou além de taças derrubadas,corpos exaustos e segredos ao chão.

Sim,no começo foi brincadeira,e a brincadeira me tomou por completo....fiquei a mercê de um desejo sem fim,e agora busco o que não tenho em mãos,o que se tornou invisível aos meus olhos como um sonho bom.

Sonho ou delírio????????

Não sei....só sei que foi inesperavelmente inesquecível.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

A poesia em mim...


A poesia a seguir já foi postada neste blog,só que como postei rápido e ela não foi comentada,estou trazendo aqui pra frente para que (re)conheçam e gostem...ou não!!!!


Digo novamente que escrever para mim é uma enorme paixão...uma válvula de escape que me ajuda muito a aquecer a minha alma.....


Espero que a inspiração bata sempre à minha porta,para que eu continue escrevendo e me alimentando das palavras,meu grande sustento.


Eis o poeminha:


Há uma poesia dentro de mim e ela não quer sair.

Seus versos me vêm e vão

e eu estou inquieta.

Há uma poesia dentro de mim.

Sim,ela existe,está bem aqui...

Eu a vi ontem,veio do nada,chegou de repente.

Ela dorme comigo,

faz casa nos meus sonhos .

Ela se tornou o meu alento,

mas não quer se mostrar para o mundo,

se esconde em meu pensamento.

Há uma poesia dentro de mim,

concebida dentro de mim,que ajuda a minha dor a fenecer.

Sim,ela vive aqui dentro,ela eleva meu pensamento;

Mas já é hora de voar....

Voa de dentro de mim poesia!

Saia daqui de dentro pois o mundo é enorme,é imenso

Vai,que é hora de nascer....

Vai,é hora de enlouquecer....

VOA,voa daqui poesia minha!

Vai,e fique bem além de mim...


sábado, 6 de dezembro de 2008

Quero!


Quero ser tua.....somente tua!

Quero você com sede de mim.

Quero que me saboreie por inteira,

que me tome em vários goles:

gelada,quente ou fervendo....

Te quero sob o luz do sol

ou sob a luz da lua....

Quero você com volúpia;

com fúria e força....

Quero você lendo

os versos dos meus olhos;

os sinais do meu corpo.

Quero!!!

Quero você fulgaz,

Quero você assaz....

Quero você com suspiros e delírios

cada dia,cada hora,cada minuto....

Quero!!!
joy***

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Djavaneando.....


Vamos Djavanear hoje???


Postarei hoje,duas letras deste homem que eu amo de paixão...por sua maestria e imensa sensibilidade....


Há como não gostar de djavan???


A primeira letra está no lp de 1978...muito bom....chama-se Dupla traição.Reparem na sofreguidão desta letra....principalmente nos 2 últimos versos que,para mim já valem pela música toda....Com toda certeza,uma das mais tristes do djavan....(ouçam as músicas depois de ler o post!!!!)


A segunda é Faltando um pedaço.Esta vocês encontram facilmente naquele (ótimo) cd ao vivo de 1999.Acho que nem preciso falar nada da letra.....


....Espero que apreciem,e como diria o Caetano Veloso,não desperdicemos os ''blues do Djavan''!!!



Dulpa traição


Você chegou

Você me viu

Você falou

Você me iludiu,Me beijou

E agora amor?

Você dormiu, se retirou e eu fiquei

Você destruiu o que fez....

E agora, amor?

Na minha opinião

Isso é dupla traição

Se você não sabe pedir perdão

Volta que eu quero morrer de alegria...Depois agradecer.....



Faltando um pedaço


O amor é um grande laço, um passo pr'uma armadilha

Um lobo correndo em círculos pra alimentar a matilha

Comparo sua chegada com a fuga de uma ilha:

Tanto engorda quanto mata feito desgosto de filha

O amor é como um raio galopando em desafio

Abre fendas cobre vales, revolta as águas dos rios

Quem tentar seguir seu rastro se perderá no caminho

Na pureza de um limão ou na solidão do espinho...

O amor e a agonia cerraram fogo no espaço

Brigando horas a fio, o cio vence o cansaço

E o coração de quem ama fica faltando um pedaço

Que nem a lua minguando,

que nem o meu nos seus braços.....

sábado, 29 de novembro de 2008

Aquele homem.....


***Mais um texto...nasceu ontem...espero que gostem!!!***



Aquele homem me olha de longe...me conhece toda sem de fato conhecer.
Eu fui escolhida por ele em meio a uma multidão....sem pretensão,a esmo.Ele me viu de longe e de longe ele ficou na espreita,quieto a me observar como um predador seguindo a sua presa.
Ele tem uma voz mansa,quente...e mesmo quando está longe eu sei que seu olhar quer me devorar,me desnudar.Sei que suas mãos tremem e suam querendo tocar as curvas do meu corpo que,assim como a sua voz,também está quente.
Aquele homem me despertou curiosidade.....
Ele é inteligente,sagaz,articulado e sedutor..Me faz imaginar coisas incríveis quando ele fala ao pé do meu ouvido.
Eu imagino sua boca mordendo minha orelha,beijando meu pescoço....seus olhos entrando profundamente nos meus...e num abraço bem forte,sua língua se encontrando com a minha língua num balé sincronizado e sem fim.
Aquele homem arrebatou a menina e a mulher em mim.....fez minha pele se arrepiar poro a poro,deixou-me envolvida em todo seu mistério e málícia....e por mais que eu tente sair ,sei que já estou rendida.....sei que já não posso mais parar.....

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

A menina e a mulher (meu novo texto)


A menina e a mulher que vivem em mim travam uma batalha interna sem fim,e fica difícil declarar a vencedora.

Já são anos,meses,dias se degladiando...de tempos em tempos a mesma coisa:cada uma tentando se sobressair.

São duas guerreiras fortes e de personalidade.As vezes uma quer tomar o lugar da outra.

A menina é inocente;ingênua,com o humor elevado.Ela coloca flores nos cabelos,se veste de rosa e abraça seu ursinho de pelúcia.A menina balbucia versos(piegas) de amor ao telefone....Ela dança,canta e rodopia...ri de si mesma e dos outros,faz piadas que só ela acha graça.

A mulher?

A mulher é sensual,pura volúpia.Ela é cara-de-pau...fala o que quer e o que não quer.Também balbucia algumas coisas:de versos quentes a nomes feios.....tudo ao seu bel-prazer.

A mulher se acha bonita,tem a cor do pecado.A mulher tem os lábios cor-de -mel e seu beijo tem gosto de amarula.Ela encanta e sabe bem o que fazer para ter o que deseja....mas ela também quer se sentir encantada,e as vezes chora no escuro esperando ser notada.

São duas guerreiras com sujeitos e predicados mil.....

Cada uma com seu jeito,com suas armas.....lutando ao seu favor.

Quem se sagrará a vencedora desta batalha?

A menima ou a mulher???????

terça-feira, 25 de novembro de 2008

João e Maria (e a minha solidão)


Hoje eu acordei me sentindo meio só.....


Eu concordo com a canção que diz que ''....eu preciso aprender a ser só...'',mas para mim é difícil....


Tem músicas que falam alto no meu coração quando me sinto assim...precisando de carinho,de afago.......


E tem uma do Chico Buarque em especial que quando ouço me traz algo de ternura,uma vontade de chorar,de sorrir......e é João e Maria.......


Espero que vocês se sintam abraçados por mim agora,que vou postar esta música....


...meu blog faz eu me sentir abraçada por vcs e é minha forma de colocar pra fora meus sentimentos sem medo de ser piégas......


aí está então:


João e Maria


Agora eu era o herói

E o meu cavalo só falava inglês

A noiva do cowboy

Era você além das outras três

Eu enfrentava os batalhões

Os alemães e seus canhões

Guardava o meu bodoque

E ensaiava o rock para as matinês

Agora eu era o rei

Era o bedel e era também juiz

E pela minha lei

A gente era obrigado a ser feliz

E você era a princesa que eu fiz coroar

E era tão linda de se admirar

Que andava nua pelo meu país

Não, não fuja não

Finja que agora eu era o seu brinquedo

Eu era o seu pião

O seu bicho preferido

Vem, me dê a mão

A gente agora já não tinha medo

No tempo da maldade

acho que a gente nem tinha nascido

Agora era fatal

Que o faz-de-conta terminasse assim

Pra lá deste quintal

Era uma noite que não tem mais fim

Pois você sumiu no mundo sem me avisar

E agora eu era um louco a perguntar

O que é que a vida vai fazer de mim?

domingo, 23 de novembro de 2008

O amor nos tempos do cólera...


Meu dia começou lindamente hj...


Acordei cedo e assisti um filme que me tocou de maneira incrível.


O amor nos tempos do Cólera,inspirado no romance de Gabriel Garcia Marquéz,é uma obra-prima que tem de ser descoberta dada sua enorme beleza....


Nele,o amor é visto como uma doença..(e as vezes ele não é??!!)....


Trata-se da história de um homem que se apaixonou ao ver uma mulher na janela...então se correspondem por cartas e mais cartas,mas o pai da moça não aceita o amor dos dois....


Então o tempo passa,passa,passa......ela se casa,tem filhos,deixa de amá-lo....


....Mas o mais lindo desta história é que ele a espera por exatos 51 anos,4 meses e alguns dias.....

todo este tempo a venerando...a amando com fervor....tentando (em vão) encontar contentamento em outros braços.....


e no final.............


.........ah,o final.......espero que vcs passem na locadora mais próxima e descubram,e leiam o romance de Gabriel.pois é uma história divina.....


........precisava postar isso,enquanto as lágrimas ainda caem do meu rosto.....meu coração tbm está chorando.........


p.s:destaque para a grandiosa atuação de Fernanda Montenegro!!!


Vejam e se apaixonem.......




sexta-feira, 21 de novembro de 2008

A festa da raça...


Ontem fui ao show da consciência negra na Sé,e o momento que mais me marcou foi no show da lindíssima Fabiana Cozza,quando ela cantou um dos sambas mais lindos do mundo:kizomba.... Sim.....este samba é maravilhoso....foi enredo da escola Vila Isabel,grande campeã no carnaval em que disputou....e foi um show de desfile..... Vou postar essa música aqui,quem puder ouvir...tanto com Martinho da Vila quanto com a maravilhosa Fabiana Cozza,please.......vcs se sentirão deleitados...

Kizomba,festa da raça

Valeu Zumbi
O grito forte dos Palmares
Que correu terras céus e mares
Influenciando a Abolição
Zumbi valeu
Hoje a Vila é Kizomba
É batuque, canto e dança
Jogo e Maracatu
Vem menininha pra dançar o Caxambu
Vem menininha pra dançar o Caxambu
Ô ô nega mina
Anastácia não se deixou escravizar
Ô ô Clementina
O pagode é o partido popular
Sarcedote ergue a taça
Convocando toda a massa
Nesse evento que com graça
Gente de todas as raças
Numa mesma emoção
Esta Kizomba é nossa constituição
Esta Kizomba é nossa constituição
Que magia
Reza ageum e Orixá
Tem a força da Cultura
Tem a arte e a bravura
E um bom jogo de cintura
Faz valer seus ideais
E a beleza pura dos seus rituais
Vem a Lua de Luanda
Para iluminar a rua
Nossa sede é nossa sede
De que o Apartheid se destrua
Vem a Lua de Luanda
Para iluminar a rua
Nossa sede é nossa sede
De que o Apartheid se destrua
Valeu
Valeu Zumbi

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Mundo de fantasias......

Ontem nasceu um novo texto.....Mais uma vez quero dividir minhas palavras com todos vcs ....
Ele ainda não tem título,mas aceito sugestões......

espero que gostem!!!

Em minha tórrida imaginação você se desenha a cada dia,e a idéia de seu corpo junto ao meu já está a me matar.
Toda noite quando o sono vem,meu desejo proibido sai do mais profundo de mim , se mostra em cores vivas e em acordes de uma grande sinfonia;a sinfomia de sua voz quente,que me atormenta pelas sombras,porque em sonhos você grita meu nome e eu te busco em toda parte.
Mas aonde você está??
Não....eu não sei...eu sou apenas uma menina com medo do escuro,e no escuro você gosta de brincar comigo...
Me instiga com seu corpo,este templo divino que cultuo com fervor;me provoca com sua voz,esse doce veludo que acalma os músculos do meu corpo que lateja por você.Este meu corpo deseja seus calores,seus ardores...
Mas você brinca na escuridão que me paraliza...e mais uma vez eu acordo atormentada,sozinha,abandonada...querendo te encontrar em meu mundo de fantasias.

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

A visão que tenho de minha cidade

Hoje quero postar aqui um texto meu que fiz em 2007 prara o cursinho......o tema do texto era '' a minha cidade''....

Espero que leiam e gostem....e comentem....e digam qual a visão que vcs tem de sua cidade.....

eis o texto:

A minha cidade não pára.É como alguem inconstante,inquieto.
Sua angústia e inquietude me despertam,me fazem querer desbravá-la todos os dias.E cada ponto descoberto me revela várias realidades cotidianas que mexem com meu estado de espírito.
Seu asfato quente,a falta de calor humano....isso me instiga.
Cidade de concreto.Talvez as pessoas daqui tenham se tornado assim:eretas,sérias;voltadas para seus próprios problemas.E isso por vezes me entristece,me faz querer partir,procurar pessoas que mostrem sua vulnerabilidade mesmo em meio à pressa do dia-a-dia.
Mas se há toda essa seriedade,por vezes há também a alegria.A alegria da sexta-feira,do sábado à noite;a balada,a cerveja...Tudo isso serve como um bálsamo,uma válvula de libertação para todo o stress semanal existente.
A minha cidade transpira história:seus museus,suas ruas,seus artistas soltos por aí...grafiteiros,rappers ,pintores...gente sem espaço ou reconhecomento que encontra nas ruas o seu sustento,seu ganha-pão.
Por vezes já tentei esquecer-me das coisas ruins daqui.Porém ao ligar a tv ou abrir os jornais,lá estão elas,latentes à minha visão:assaltos,assassinatos,enchentes,drogas,desigualdades sociais,poluicão....sujeira....e me vem novamente aquela sensação de desgosto,aquela vontade de largar tudo,de ter uma casa no campo e ficar do tamanho da paz....
Mas logo o amor pela minha cidade reacende.Ela tem o poder de enfeitiçar até os mais descrentes,como esta que vos fala.
Roubando as palavras de Vinícius de Moraes,eu diria que a minha cidade ''é como se não fosse'',ela é ''íntima doçura e vontade de chorar''.
Ou seja:toda tristeza,descaso e abandono são como se não fossem;Prevalecem a doçura,o movimento,todo o frissom que lhe é trivial.
Minha cidade é meu caso de amor e ódio;principalmente de amor.....
Aqui é que eu quero ficar,desvendar e desbravar até o último dos meus dias.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Emoção à flor da pele.....


Hoje quando abri o blog,tinha um novo comentário...entrei no blog do Caurosa (ótimo blog),e tinha algo sobre o Milton Nascimento,que sou apaixonada.....Então me deu vontade de postar aqui uma de suas letras que mais me emocionam....Maravilhosa canção...se vc não a conhece,eu recomendo...não somente esta,como todas,pois Milton é a fina flor de nossa música....


Leiam,escutem e se emocionem como eu.........



Certas Canções


Certas canções que ouço

Cabem tão dentro de mim

Que perguntar carece

Como não fui eu que fiz?

Certa emoção me alcança

Corta-me a alma sem dor

Certas canções me chegam

Como se fosse o amor

Contos da água e do fogo

Cacos de vidas no chão

Cartas do sonho do povo

E o coração pro cantor

Vida e mais vida ou ferida

Chuva, outono, ou mar

Carvão e giz, abrigo

Gesto molhado no olhar

Calor que invade, arde, queima, encoraja

Amor que invade, arde, carece de cantar.....

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

O menino dos olhos d'água

O menino dos olhos d'água quer achar explicação para o inexplicável,assim como eu tentei em vão,e não consegui.
Eu o conheci num longíncuo tempo de incertezas e descobretas,e logo os olhos dele me inundaram.Primeiro de curiosidade,de esperança....e depois de tristeza.E de tristeza,me inundei de raiva e desaguei em solidão.
A correnteza da vida nos empurrou para cantos destintos.....Marés vem e vão,e o menino dos olhos d'água voltou....
Diante do baque,regressou também a minha raiva.Mas esse menino tem os olhos d'água e o coração de açúcar...não há como restar sabor de amargura.
Ele voltou com um perigoso desejo,o mais difícil de todos:alcançar o castelo da Senhora Tentação.Justo ela,a mais perversa de todas,que com seu dom de iludir
não dá nem o não nem o sim,e quer cada vez mais seguidores para seu séquito.
No entanto ela é linda e hipnotiza...põe no chão o mais alto dos orgulhos.
O menino dos olhos d'água voltou,mas voltou triste.....triste por não achar as chaves do castelo da Sra Tentação.
Ele quer se libertar e não consegue.....
E eu queria ser a sua heroína,para tirá-lo de sua prisão interna e matar o monstro da solidão...Queria descobrir o mistério da Sra tentação para quebrar seu encanto...decodificar o inexplicável e fazer novamente o menino dos olhos dágua sorrir.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

"Escrevo porque encontro nisso um prazer que não consigo traduzir. Não sou pretensiosa. Escrevo para mim, para que eu sinta a minha alma falando e cantando, às vezes chorando..."

Clarice Lispector


É por isso que amo escrever:
porque liberta minha alma,
(e as vezes minha alma é tão aprisionada....)
Escrevo para deixá-la livre....leve....solta.....
fora do meu corpo e de todas as minhas tensões.
Escrevo para habitar uma terra de sonhos (utópicos sonhos),
para encontrar o pote de ouro no fim do arco-íris;
colocar para fora minha agonia,minha nostalgia,
minha vontade que não cessa....
essa vontade profunda de amar,
esta sede imensa de querer,
ou até mesmo minha vontade
de,as vezes fenecer.........

joy....


quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Aê Obama!!!

Quero mostrar todo meu contentamento com a vitória de Obama!!!

Não entendo tudo de política,mas sei o bastante para saber que a vitória de Obama,mas do que o ingresso de um negro na casa branca (o que para mim não é relevante),é a vitória da esperança....do desejo de mudança......Por que sua vitória refletirá lá no Tio San,mas já está mexendo com o mundo.....aqui,na Europa,na Ásia....everybody!!!!!

O tempo do autoritarismo de Bush,aquele ridículo,ACABOU!!!!

A esperança e o bom senso político venceram.......


Vai lá Obama!!!!!!!!

Faça o que disse em toda sua campanha!

Chegou a hora da mudança!

domingo, 2 de novembro de 2008

Pensamentos Machadianos

Primeiro post do mês de novembro,e vamos começar muito bem o mês com algumas frases de um de nossos maiores escritores:Machado de Assis.


''Palavra puxa palavra, uma ideia traz outra, e assim se faz um livro, um governo, ou uma revolução, alguns dizem que assim é que a natureza compôs as suas espécies.''


''Eu não sou homem que recuse elogios. Amo-os; eles fazem bem à alma e até ao corpo. As melhores digestões da minha vida são as dos jantares em que sou brindado.''


''muitas coisas melhor se diz calado,pôs o silêncio não tem fisíonomia, mas as palavras sim muitas faces.''

.....e para fechar.....

''Deus, para a felicidade do homem, inventou a fé e o amor. O Diabo, invejoso, fez o homem confundir fé com religião e amor com casamento.''

hum........Viva Machado!!!!

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Novo texto.......

Este aqui eu fiz ontem.......

Mais uma tentativa de aprimorar minha escrita.....e espero estar no caminho certo.....


aí está ele:

''Ele apareceu num flash,de susto.
Eu estava sentada na cadeira,de livro na mão,em meio a uma tarde cinzenta e escura.Eu lia atentamente para afastar de mim certos pensamentos.
De repente um clarão,um barulho.
''O que será??"-pensei eu.Olhei pela janela e não vi nada,a tarde permanecia calma,abafada e escura.
Volto ao meu livro ;fico absorta em meus pensamentos.Novo clarão,e dessa vez mais forte.Senti uma quentura em mim.Era ele.
Ele chegou e iluminou.Ele me iluminou...não só a mim:iluminou a tarde vazia e escura.
Descompassou meu coração,me faz perder o prumo,deixou meu corpo acelerado.
Ele veio como um furacão;me arrancou de onde eu estava,me tirou todo o bom senso que ainda me restava.
Ele maltrata,alucina e corrói .
A presença dele abduziu minha atenção .Tensão foi tudo que restou.
Sua luz era forte e me deixou impotente;incapacitou meus movimentos.
Ele é uma espécie de feiticeiro,com olhos verde-oliva e cartola na cabeça.Um grande feiticeiro em seu circo místico.Um grande mestre da ilusão....
Ele sabe o dom de ser mágico,de prender a atenção,de abduzir pensamentos e depois sair da forma que entrou : Assim,de susto;num flash,tão leve quanto o vento.''

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Dar não é fazer amor

Hoje estava eu pensando em sexo e em amor.....

Afinal,como podemos viver sem os dois????
Pensava em como é bom o sexo....como é bom o amor.......mas como é perfeito esses dois em perfeita comunhão!
Então lembrei-me de um texto de Luis Fernando Veríssimo que vem muito a calhar.

Leiam e tirem suas conclusões!!!!


Dar não é fazer amor


DAR NÃO É FAZER AMOR.Dar é dar.Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido.Mas dar é bom pra cacete.
Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca...
Te chama de nomes que eu não escreveria...
Não te vira com delicadeza...
Não sente vergonha de ritmos animais.
Dar é bom.Melhor do que dar, só dar por dar.
Dar sem querer casar....
Sem querer apresentar pra mãe...
Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral...Te amolece o gingado... Te molha o instinto.
Dar porque a vida é estressante e dar relaxa.
Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de amanhã.
Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem jeito.
Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir carinhos, sem esperar ouvir futuro.
Dar é bom, na hora.
Durante um mês.Para os mais desavisados, talvez anos.
Mas dar é dar demais e ficar vazio.
Dar é não ganhar.
É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro.
É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te abduzir.

É não ter alguém pra querer casar, para apresentar pra mãe, pra daro primeiro abraço de Ano Novo e pra falar:"Que que cê acha amor?".
É não ter companhia garantida para viajar.É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia.Dar é não querer dormir encaixadinho...
É não ter alguém para ouvir seus dengos...
Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito.
Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor.
Esse sim é o maior tesão.
Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você flutuar.
Experimente ser amado...

domingo, 26 de outubro de 2008

Overjoyed!!!!

Stevie Wonder é sensacional!!!!!!!!

Ultimamente ando flertando muito com suas músicas,sobretudo esta,Overjoyed.....

Lembro-me do Fábio Galio...um queridíssimo amigo,e um músico apaixonado pelo que faz...Ele,na última vez que nos vimos,fez uma brincadeira com meu nome e o nome da música :Joyce...Joy....Overjoyed!!!

Overjoyed...cheia de alegria!!!!

Sim...me sinto assim sempre...apesar dos meus pesares......

Chega de besteira!rsrsrs...vou postar logo a música......


Over timeI've been building my castle of love
Just for two
Though you never knew you were my reason
I''ve gone much too far
For you now to say
That I've got to throw
My castle away
Over dreams
I have picked out a perfect come true
Though you never knew it was of you
I've been dreaming
The sand man has come
From too far away
For you to say come
Back some other day
And though you don't believe that they do
They do come true
For did my dreams
Come true when I looked at you
And maybe too if you would believe
You too might be
Overjoyed
Over love,Over me
Over hearts
I have painfully turned every stone
Just to find
I have found what
I've searched to discover
I come much too far
For me now to find
The love that
I sought
Can never be mine
And though you don't believe that they do
They do come true
For did my dreams
Come true when I looked at you
And maybe too if you would believe
You too might be
Overjoyed
Over love,Over me
And though the odds say improbable
What do they know
For in romance
All true love needs is a chance
And maybe with a chance you will find
You too like I
Overjoyed
Over love
Over you......

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Estou emocionada!

Hoje eu completo 21 anos....

e estou feliz.....na verdade,eu sou pior que uma criança:AMO ANIVERSÁRIO.....

não por festa,não por presentes....

....adoro me sentir querida....amada....

e estou emocionada porque eu sinto sim que sou muito querida....

e este é o melhor presente que eu poderia receber:O AMOR DAQUELES QUE ME CERCAM....

felicidade para mim é utopia.....mas hj eu a senti aqui.....como diz Drummond,''aconchegada nos meus braços''......

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Fragmento.......

Hoje um fragmento de ''O guardador de rebanhos''.......


O meu olhar azul como o céu
É calmo como a água ao sol.
É assim, azul e calmo,
Porque não interroga nem se espanta ...
Se eu interrogasse e me espantasse

Não nasciam flores novas nos prados
Nem mudaria qualquer cousa no sol de modo a ele ficar mais belo...
(Mesmo se nascessem flores novas no prado
E se o sol mudasse para mais belo,
Eu sentiria menos flores no prado
E achava mais feio o sol ...
Porque tudo é como é e assim é que é,
E eu aceito, e nem agradeço,
Para não parecer que penso nisso...)
Alberto Caeiro

sábado, 11 de outubro de 2008

.........

Tem um nó ma minha cabeça.............................
................................e outro no meu coração!

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

...Mais um lamento

Fiz inspirado em alguém,que não fez muito caso.......Então agora divulgo meus versos(modificados) para que vcs leiam......



Eu estou com fome:
com fome de vc...
inundada em desejos,pensamentos;
pensamentos em vc.
Porque vc surgiu sem querer,
sem perceber
e sua presença me inspirou,
sem querer vc me pegou.
vontade de te beijar,de aprontar,
de te fazer perder o ar,
o ar que eu perco ao te ver.
Sim,busco um sinal,
um sinal verde,
um sinal verde nos seus olhos,
um sinal que permita minha vontade saciar,
um sinal verde para também te incendiar!

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Guerreira....


.....hoje quero postar aqui a minha imensa satisfação por estar lendo a biografia da guerreira,Clara Nunes!

Simplesmente linda....ela firmou seu nome na história do samba,e ainda é uma de nossas melhores cantoras,ao lado de Elis,Maysa e tantas outras.......

Ouvindo Clara,me orgulho de ser de minas,me orgulho do samba....estou apaixonada por seu som,ainda mas agora que sei de sua história.



VIVA CLARA GUERREIRA!!!!!!!!!!


segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Mais um poema....

Ontem escrevi mais um poeminha,e quero dividir com todos...............


Há uma poesia dentro de mim
e ela não quer sair.
Seus versos me vêm e vão
e eu estou inquieta.
Há uma poesia dentro de mim.
Sim,ela existe,está bem aqui...
Eu a vi ontem,veio do nada,
chegou de repente.
Ela dorme comigo,
faz casa nos meus sonhos .
Ela se tornou o meu alento,
mas não quer se mostrar para o mundo,
se esconde em meu pensamento.
Há uma poesia dentro de mim,
concebida dentro de mim,
que ajuda a minha dor a fenecer.
Sim,ela vive aqui dentro,
ela eleva meu pensamento;
Mas já é hora de voar....
Voa de dentro de mim poesia!
Saia daqui de dentro
pois é tempo de nascer,crescer,enlouquecer...
provar de todo este louco viver.....

sábado, 4 de outubro de 2008

A gota d'água


Como todos sabem,eu sou uma apaixonada por música,sobretudo brasileira.Aqui em nosso país temos musicos maravilhosos,verdadeiros poetas,e um de meus preferidos é o Chico Buarque.

Vou postar aqui uma de suas letras com a qual mais me identifico,eu a conheci este ano e me apaixonei muito pela música....a estrofe final é a minha cara,verdadeiramente!



gota d'água


Já lhe dei meu corpo,

Minha alegria.

Já estanquei meu sangue,

Quando fervia.

Olha a voz que me resta,

Olha a veia que salta,

Olha a gota que falta

Pro desfecho da festa.

Por favor...Deixe em paz meu coração,

Que ele é um pote até aqui de mágoa

E qualquer desatenção, faça não!

Pode ser a gota d'água...

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Sem título....

Este eu fiz semana passada....Ok,é piégas,mas eu amo escrever,é uma válvula de escape para mim.......

p.s:''quem é mais sentimental que eu??!!''rs.....

i wanna burn up in your soul.
i'm burning on you...
can't you see that i want you so much???
everytime i see your beautiful face
my days become complete.....
i am completely numb for you,
and i know that you're hung up on me
the same way that i'm hung up on you.
so,come on!
come to me,
come to my arms...
take the risk to burn on me
'cause i know you can do,
i know you want to do....
come on!
let me be near you,
i know that you feel the same too...

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

De repente,não mais que de repente.....

Este poema marcou um momento meio down na minha vida...mas também um momento de amadurecimento,de auto-conhecimento.
Simplesmente maravilhoso,tinha de ser do poetinha.......Boa semana!!!!!!


Soneto de separação


De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez o drama.

De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente

Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.

Vinícius de Moraes