quarta-feira, 25 de março de 2009

Dar não é fazer amor


Olá pessoal^^ Hoje,que tal um texto de Luis Fernando Veríssimo?????Eu acho que este texto muitos já devem conhecer...é um de meus preferidos...sabe...daqueles que gosto de ler de tempos em tempos.... Queria mesmo postar hj um poema meu...mas meus versos ainda estão se escondendo de mim....logo,logo eu os encontrarei...os postarei aqui de novo...... Enquanto isto...leiam o texto e pensem neste ''dilema'':DAR OU FAZER AMOR??????


DAR NÃO É FAZER AMOR
Dar é dar. Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido. Mas dar é bom pra cacete.
Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca...
Te chama de nomes que eu não escreveria... Não te vira com delicadeza... Não sente vergonha de ritmos animais. Dar é bom. Melhor do que dar, só dar por dar. Dar sem querer casar.... Sem querer apresentar pra mãe... Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo. Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral... Te amolece o gingado... Te molha o instinto. Dar porque a vida é estressante e dar relaxa. Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de amanhã. Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem jeito. Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir carinhos, sem esperar ouvir futuro. Dar é bom, na hora. Durante um mês. Para os mais desavisados, talvez anos. Mas dar é dar demais e ficar vazio. Dar é não ganhar. É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro. É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te abduzir. É não ter alguém pra querer casar, para apresentar pra mãe, pra dar o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar: "Que que cê acha amor?". É não ter companhia garantida para viajar. É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia. Dar é não querer dormir encaixadinho... É não ter alguém para ouvir seus dengos... Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito. Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor. Esse sim é o maior tesão. Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você flutuar...
Experimente ser amado...

14 comentários:

Cris Animal disse...

Amor é amor...fala sério!
Amor é o ápice do ser humano!
Esse texto é incéivel....

beijo grande , Querida
...............Cris Animal

D.Ramírez disse...

Joy, li, muito legal, mas vim mesmo pra matar a saudade, e estar aqui com vc um pouco, pq a correria é tanta q mal consigo ler e mails...
Espero voltar com calma e com mais frequencia....

Besos

tossan disse...

Ao escritor a luz,
a narrativa a beleza,
a vida do quotidiano,
pura poesia... Bj

Philip Rangel disse...

Joycinhaa...de volta......

muito legal mesmo esse texto o Luiz é um escritor requintado......

bjao e some nao...bjaooo

caurosa disse...

Minha querida amiga, o mestre Luiz é simplesmente genial, que bela escolha. A meu ver, fazer amor é fazer amor, se feito com carinho, por amantes apaixonados, com muito gozo e tesão, é sublime.

Paz, felicidade e inspiração para você.

Forte abraço

Caurosa

C. disse...

oi amiga, saudades do cê!
Eu já tinha lido e achado super legal, mas a autoria é confundida, já li que é de Tatiane Bernardi. Deve até ser pq Veríssimo não escreve no feminino e estas palavras fogem totalmente do estilo do autor.

Mas xá pra lá a autoria, o que importa é que vc acabou de dar uma lição a quem precisa absorver o valor do "é dando que se recebe".

um bótemo sábado!

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Joyce,

A intensidade das suas palavras vão mostrar o caminho novamente para seus lindos versos e desabafos.

Quem adorou sua presença fui eu, com todo esse seu carinho todo.

Espero não perder mais contato.

=]

Maravilhoso final de semana

Rebeca

-

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Joyce, belo texto...Espectacular....
Beijos

Celamar Maione disse...

joyce,
texto bem escolhido.
Amo Veríssimo.
O humor. A escrita.
Esse texto é fantástico.
Dar é muito bom
Agora , cá pra nós, dar com amor é bem melhor ainda.
Beijão e grande semana pra ti !

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Queremos presentear seu blog com um selo que cultiva o amor.

Espero que goste!

=]

Rebeca

-

meus instantes e momentos disse...

Dar é uma forma de receber.Dar tb é uma forma de amor. Dar é urgencia é querer, é prazer. Amor é tempo.
Dar é agora é hoje, amor é amanhã é sempre.
Ame hoje é dê amanhã,ou de hoje e ame amanhã, é como matematica., onde a ordem dos fatores não altera o produto.
Então dê......
Maurizio

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Joyce,

Amei saber que adorou o selo. O amor tem que ser cultivado de todas as formas. O importante é ser feliz com ele.

=]

Não perderemos contato.

Rebeca

-

Paulo Eduardo disse...

Sem ser puritano - algo que, definitivamente, não sou -, nunca gostei desse termo "dar". Ou mesmo "comer". Sim, nós homens utilizamos tais termos como mera convenção testeronística, mas...........
Lembra do "Não é só o sexo..."
A inspiração veio daí. Porém, menos bem-humorado, menos genial e - perdão aos linguístas de plantão - "menos bom"!