segunda-feira, 19 de abril de 2010

Sobre o amor em mim....


Alguns dizem que amor é um só pra vida toda,ou que para o amor acontecer de verdade leva tempo...

Eu sinto o amor do meu jeito: creio que o amor é um sentimento coletivo mas ao mesmo tempo pessoal...cada um tem sua forma de amar e sentir.

Quando amo, dou minha vida por aquele amor...me entrego fácil,vou sem medo,vivo cada instante como se fosse derradeiro....

dedido músicas,versos,meu tempo,minha alegria.

O amor para mim é como planta...se não é regado e adubado,ele murcha,morre,perde as corres....Por outro lado,se um amor morre,creio que outros podem nascer...

não costumo guardar o luto de um amor falido para sempre,tão pouco me fecho para ele....ao contrário:me fecho por um tempo,para preparar a terra,deixa-la fértil e esperar pelas novas flores.

Alguns me julgam por ser assim,dizem..''mas e fulano que você amava tanto??''...''como pode ser amor se você conhece fulano há tão pouco tempo??"

Acho feio julgar o amor alheio....para mim o amor pode se dar num simples olhar,no palpitar do coração,naquela sensação que você tem quando se está perto da pessoa e

deseja que aquele instante nunca passe.Não vejo razão em dedicar meu amor,que é algo grande e único,para algúem que simplesmente não

o quer receber e desdenha dele...cada um tem seu tempo para amar...este tempo pode se dar em anos,décadas...mas também em dias,porque não??Cada um sabe de sua história...

Assim sendo,vou na minha busca pelo amor,pela pessoa que esteja pronta para recebê-lo....

Ama-se também sem querer nada em troca....mas no fundo,no fundo há também a necessidade de se sentir amado...sinto que o amor que trago em mim é tão planta

quando o amor que tenho para devotar a alguém...

Para mim é sempre tempo de amar e viver....a vida é isso,e o amor é imenso como infinito....portanto vamos viver cada qual o seu amor,sem julgar se é certo ou

errado....pois não há num mundo grande como o nosso uma ''maneira universal de amar''.






13 comentários:

Jão disse...

Concordo, cada um ama a sua maneira, não a formulas pré comcebidas para o amor...

Espero que vc ja tenha encontrado a pessoa para entregar todo o seu amor...eu ja encontrei a minha e estou muito feliz por isso...

Je t'aime

Cecília disse...

Enfim... amor é pra sentir, não pra entender.

Fatima disse...

Ah!!!!!
Só sei que amar é muito bom!
Bjs.

Livinha disse...

Sim minha flor, o amor é superação de tudo, mala pronta, enriquecida de vida e sustentação.
A plantinha que precisa regada, para vigorar a vida num florir de emoção...

Bjs
Livinha

Logo irei naquele outro espaço. Me aguarde!

tossan disse...

Aquele que diz que sabe tudo sobre o amor é mentiroso, são lições diárias, um aprendizado para vida toda, só vamos completa-las quando chegarmos ao fim e só é eterno enquanto dura como diz o poeta. Lindo texto e Vinícius é fantástico!
Vi a tua entrevista lá no Entrando numas e adorei. Beijão

C@urosa disse...

Olá minha querida e sensível amiga Joyce, maravilhoso seu texto, o amor é assim, único, só seu, pleno...parabéns, como sempre, muito inspirada.

paz e harmonia em sua vida,

forte abraço

C@urosa

Dil Santos disse...

Oi Joyse, tudobem?
Menina, acredito que o amor dura para sempre, quando ele é verdadeiro, ele ñ morre, pode não ser mais aquela labareda, mas pode se tornar uma pequena brasa. Sempre amaremos a pessoa, mas será um amor diferente no futuro. Menina, Vinícius é sem comentários, amo de paixão.
Como lhe disse no comentário, o amor ñ morre, se vc ama verdadeiramente, ele sempre existirá, por mais que vc queira matá-lo.
Bjo
:)

Ricardo Calmon disse...

Minina Joyce ,trés romatic está hoje,afffmaria!
è por aí...te vendo crescer em escriba ser,poeta em construção e uma minina quwe tanto amo em amizade forma,com os pés no chão entre amores e sussurros!

huhuuuuuuuuuuuuuu

minina querida!

uma noite boa!

viva la vida

Filipe disse...

Nao conhecia seu jeito de amar
axo super fofo.
O Jão tem sorte.... hahaha (zuando)

É só o amor, é só o amor
Que conhece o que é verdade
O amor é bom, não quer o mal... lalala

Manuela Santos disse...

Hello Dear Joyce,
Tenho andado com preguiça, mas sempre volto!
Concordo absolutamente com a tua filosofia sobre o amor e com o poema do grande Vinicius.
Um amor pode ser para a vida inteira, há casos assim e uma vida pode ser também uma sucessão de amores, «que seja forte enquanto dure», cada pessoa é que sabe amar do seu jeito e sobre isto nada a dizer!...
És muito jovem, tens muito amor para viver!...
Beijinhos «gatinha querida»
Manuela

Francisco disse...

Joyce querida!
Fiquei com uma dúvida... Apaludo vc de pé, ou sentado!! rsrs De pé, é claro! E assoviando também...rsrs
Suas palavras sobre o amor, são perfeitas, e muitas delas, definitivas.
Para não dizer que concordei com tudo, darei nota 9,9...rsrs Outra hora te explico o porque.
Ficaria uma explicação um pouco longa. Aliás... quem sabe não faço um post? rsrs É claro que vou mencionar seu nome... Posso?
Beijos a vc, e um abração ao Jão (até que rimou...rs)

Luigi Lopes disse...

Ótimo texto sobre amnar e seus perigos...

Tiago M. disse...

preciso reapreender a amar... amar nao é facil, nao é simples, ... quem sabe um dia!!!