segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Mais um selo^^




“Com este pequeno prêmio pretendemos honrar
as pessoas que ainda se regem pelo coração,
que percebem o que é o verdadeiro amor,
que lutam por ele e o conseguem transmitir na sua escrita.”

To feliz demais........pois meu coração é meu maior guia^^


Este prêmio obedece às seguintes regras:
1)exibir a imagem do selo,

2)linkar o blog pelo qual se recebeu a indicação,

3)escolher outros blogs a quem entregar este Prêmio.






e pra complementar....um poeminha de Drummond...pra deleitar a todos^^

Memória
Amar o perdido
deixa confundido
este coração.
Nada pode o olvido

contra o sem sentido
apelo do Não.
As coisas tangíveis

tornam-se insensíveis
à palma da mão.
Mas as coisas findas,

muito mais que lindas,
essas ficarão.

beijo todos com meu profundo carinho^^

16 comentários:

FERNANDA & ASTROLOGIA disse...

QUERIDA JOYCE LINDO O TEU POEMA... ADOREI!... UM BELO DIA PARA TI... BEIJINHOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

kellen valeska disse...

Oie..
Joyce obrigada pelo selo!Fiquei mt feliz!

Esse poema é lindo!

bjo;)

mundo azul disse...

_______________________________

Drumond é sempre maravilhoso!!!

Obrigada pelo poema e pelo beijo...


Uma semana muito feliz, para você!

____________________________________

Philip Rangel disse...

Parabens pelo selo....aki merece muito mais.......

Gleidston dias disse...

Merecido o prêmio,menina nota 10,parabens *neguinha*.

Otima semana pra voce.

bjsss

Philip Rangel disse...

noo gatinhaa......passando de novo aki.....ainda t apor essas bandas???

bjaooo

Duanny!. disse...

ah, também tava c/ saudade daqui!
=D
Drummond é o máxiimo!

=p

beeeijo

meus instantes e momentos disse...

Gosto de vir aqui...
Maurizio

Eu® disse...

Nossa amiga, não te venço hehe quero comentar tudo e não perder nada, mas quando vejo tu é mais rapidinha que eu, oxi.

Só pra te dizer que hoje estarei respondendo os Memês visse.

Quanto a planos para voltar praí, só Deus sabe, linda Dadivosa :))

®tossan disse...

Uma homenagem ao seu lindo poema!

O rio

Uma gota de chuva
A mais, e o ventre grávido
Estremeceu, da terra.
Através de antigos
Sedimentos, rochas
Ignoradas, ouro
Carvão, ferro e mármore
Um fio cristalino
Distante milênios
Partiu fragilmente
Sequioso de espaço
Em busca de luz.
Um rio nasceu.
V. de Moraes
Beijo

Eu® disse...

Amadinha, desculpe a salada, mas postei os memês, vem ver :))

D.Ramírez disse...

Selito mais q merecido e para as pessaos queridas q vc indicou, gosto delas..rs
Parabens, merecem muito mais;)

Besos

Eu® disse...

Goste mesmo do magnânima, pq vc tem mesmo grandeza de alma no seu jeitinho de ser!

Tb adorei o ´por ser assim de
peito aberto`. Brigadim vc por todinho o carinho imeeeenso!!!

Cesar disse...

parabens pelo selo e pelas escolhas poeticas

Ana Lucia disse...

Olá, estamos passando para conhecer seu espaço... Td lindo aqui Joyce, parabens. Poema delicioso de ler.
Convidamos vc a conhecer nosso espaço, oferecemos o presentinho Special Friend e nosso award, além de nossa amizade.
Tenha uma semana linda!!!
Beijos em seu coraçao.

http://momentos-de-amor.zip.net/

http://fasciniusangels2.zip.net/

Lê... disse...

Oi querida!

Adorei o selo!obrigada,fiquei feliz,feliz!rs

e vc como sempre arrasando nos poemas,adorei,tbm,esse ultimo!

beijão

ah,assim que postar exibo o selinho,ok?!