domingo, 24 de outubro de 2010

Madrugada



Oi pessoal!! Estou de volta depois de longo silêncio,e com um texto que fiz ao som de Chico Buarque . Espero que vocês leiam,comentem e gostem ♥


Já era madrugada e seu celular ainda não havia tocado.

Todo fim de noite recebia um telefonema que a ajudava a dormir melhor. Era o guri que tinha a lua no nome.

Levantou-se da cama na qual já rolava de um lado para o outro há horas e foi até a cozinha tomar um café. Cada gole descia amargo , e nada do sono aparecer. Decidiu então sair de casa do jeito que estava ; vestindo uma camisola branca e com os cabelos desgrenhados. Apanhou o carro , e antes de dar a partida enviou um sms com apenas duas palavras : ‘’estou chegando’’.

Enquanto dirigia o vento gelado batia em seu rosto e ela sentia o chamado da lua... a mesma que fazia parte do nome dele.

Depois de meia hora ao volante ,estacionou em frente ao seu portão.Como já tinha as chaves,abriu a porta e lá ele estava de pé no corredor , com uma xícara de café nas mãos e ‘’Joana francesa’’ tocando ao fundo no rádio.

Sorveu um longo gole da bebida e pousando a xícara na mesinha de centro da sala ,foi ao encontro dela e seus braços envolveram sua cintura.

Naquele momento foi como se tudo ficasse de cabeça para baixo. Ela olhava seus olhos castanhos e brilhantes,cheios como a lua que lá fora brilhava e dentro de seus olhos viajava eras e eras em silêncio...enquanto como brasa os braços dele , que já a envolviam, se estreitavam num abraço urgente cheio de ternura e pressa de estar perto.

Nada mais cabia ali de tão gigantes que se sentiam um para o outro . Estavam enfeitiçados,tal qual lua e mar quando se encontram ....falaram de sonhos e mentiras, medos ,acertos ....não viram as horas passarem pois afinal, elas não existiam .

De tanto falar e falar as forças foram se esvaindo e ela dormiu feliz ali,nos braços dele... gemendo baixinho de loucura e de torpor.

Já é madrugada

Acorda, acorda, acorda, acorda, acorda... ♫♫


14 comentários:

Beyonce disse...

Bom gosto como sempre!

Ass: Bey!

Jão disse...

bom, voltar por aqui com um texto tão lindo e de grande sensilidade. Voltarei a frenquentar essas páginas.

bjs minha querida.

Franck disse...

QUe texto sensual e amoroso...e tendo CHico Buarque como inspiração, nem cabe comentários!
Bjs*

Mikaela: disse...

Oi Joyce!

Não suma mais. rsrs...

Lindo! Como sempre. ;)
Amo Chico Buarque.

Beijos intensos,
Mikaela.

Filipe disse...

Muito Lindo !!
Que bom que estás de volta, gosto de ler-te ....
Bjus!

Lou Albergaria disse...

Lindo demais seu texto!

Quanta ternura e imagens tão poéticas! É muito apaixonante seu texto!

E Chico Buarque, então, é puro luxo!

Parabéns pelo post! Mais uma composição divina!

Tenha uma linda semana!

BEIJÃO!!!

tossan® disse...

Tu ris, tu mens trop
Tu pleures, tu meurs trop
Tu as le tropique
Dans le sang et sur la peau
Geme de loucura e de torpor
Já é madrugada
Acorda, acorda, acorda, acorda, acorda...Já é madrugada...

Genial, uma obra prima da música!
Melhor do que pagode....rsrsrsr...
O teu texto acompanha muito bem toda essa genialidade. Beijão

Luigi disse...

Bacana ter você de volta!!!

Livinha disse...

A espera sempre vale a pena, quando o encontro acontece e não deixa nada a desejar, fluindo em sintonia...

Lindo Joyce
Bjs

Livinha

Cecília disse...

Você, como sempre, com a sensibilidade a flor da pele =] Achei lindo e me apropriei por conhecer bem essa sensação.

Improvisos de um louco disse...

isso é mto bom!!!

Chocolat Glacé disse...

ARRETADISSIMA!

Lou Albergaria disse...

Menina Maravilhosa,

Para com isso de "falta de inspiração". Você é extraordinária! Basta manter a calma, a serenidade que as ideias irão surgir naturalmente. O principal você possui: talento e sensibilidade. É só relaxar e começar a olhar mais em volta para perceber o pulsar da poesia.

Hoje no caminho para o trabalho escrevi a seguinte frase para mim mesma:

"Quando a inspiração lhe faltar, busque a vida; pois é na vida que as histórias acontecem."


Fique sempre Bem!

BEIJO GRANDE!!!


Lu

Mantenha os olhos abertos e olhe sem medo, receio ou pudor...

Rudimar disse...

Muito legal seu mundo
adorei
beijos